OS MAIORES ERROS AO PRODUZIR UM VÍDEO INSTITUCIONAL

Os maiores erros ao produzir um vídeo institucional

Já falamos muito sobre as vantagens do vídeo institucional. No entanto, não custa ressaltar que esse recurso multimídia é uma das formas mais eficientes para reforçar a imagem de uma empresa, mostrar para que a corporação existe, quais são os conceitos básicos como missão, valores e visão.

 

 

Em resumo, o vídeo institucional veio para mostrar a empresa como um todo, com portfólio de serviços, história, equipe… dentre outros elementos.É uma boa arma dentro da construção da estratégia de marketing da empresa. Porém, existem alguns cuidados que necessitam ser tomados para que a produção de vídeos institucionais não seja algo danoso para a imagem corporativa. Que não seja um tiro que sai pela culatra.

Nesse post, vamos mostrar quais são os maiores erros na hora de produzir um vídeo institucional, como não cometê-los e ainda algumas dicas para ajudar a produzir um conteúdo de alto impacto e qualidade.

 

 

Não contar com ajuda profissional

Um grande erro das empresas é achar que o custo de um vídeo institucional é excessivo e, por isso, não investir em fornecedores corretos, confiáveis e profissionais. Acontece que, hoje em dia, muita coisa mudou no que concerne em produção de vídeos. Fazer um vídeo institucional não exige quantias absurdas, ainda mais, se tratando de descobrir parceiros idôneos.
A consequência de não investir em um trabalho profissional pode ser imensa. Um vídeo de alta performance exige um intenso trabalho técnico, composto de várias etapas integradas entre si. Não gerenciar o projeto como um todo pode resultar em um vídeo de baixa qualidade ou até mesmo, amador.

Escolher mal seus fornecedores

Em um mercado saturado, muitas vezes, a empresa termina nas mãos de fornecedores de baixa qualidade. Ou seja, aqueles que não seguem os passos necessários na hora de produzir um bom vídeo, como criação de roteiro, storyboard, visita técnica, entre outros….Fuja daquelas empresas que agendam primeiro as gravações, fazem um milhão de imagens e só depois pensam no roteiro.
Isso é uma herança da época em que se faziam apenas vídeos para casamentos e formaturas. Um vídeo institucional necessita um planejamento de qualidade, eficaz e objetivo.

Não amarrar todas as pontas

Não faça uma história completamente vazia e sem propósito. Construa uma narrativa com sentido. Para isso, o roteiro é a primeira etapa e uma das mais importantes, é preciso ter alguém que o construa com sabedoria.
Além disso, a criação da identidade visual é super importante para que o vídeo fique moderno e atemporal e para que “converse” com o restante da comunicação da sua empresa.
Identidade visual é basicamente a arte do vídeo, desde a abertura, informações complementares, reforços em lettering, interações de imagem e estatísticas, números da empresa, etc. Estes recursos deixarão o seu vídeo ainda mais bonito e profissional. Vale citar ainda todo cuidado com as imagens capturadas, que dependem de conhecimentos como, iluminação, enquadramento, movimento de câmera (entre outros), além da edição e finalização do vídeo.

E por fim, um ótimo recurso para criar um vídeo institucional fantástico é o storytelling. De acordo com pesquisas, o cérebro processa uma informação visual 60X mais rápido do que palavras. Ou seja, nós temos mais facilidade em engajar histórias do que conectar fatos contatos sem contexto. Por isso, é essencial abusar do storytelling na criação do roteiro do seu vídeo institucional.

O que achou do nosso conteúdo? Saiba mais sobre as vantagens dos vídeos institucionais acompanhando o nosso Blog!