GRAFFITI E SAMBA

GRAFFITI E SAMBA, UMA ÓTIMA MISTURA

Depois de muito tempo o Graffiti tem seu reconhecimento em Florianópolis tendo seu espaço em umas das maiores festa populares da cidade, o Carnaval.
Convidados pela Escola de Samba Copa Lord, os artistas RZ e Japão levaram a avenida seus traços e mostraram que o graffiti da cidade está cada vez melhor..

Convidados pela escola de samba Copa Lord, os grafiteiros RZ e Japão participaram do desfile da escola no carnaval 2011. O trabalho dos dois artistas urbanos integra um documentário que está sendo finalizado em Florianópolis. O diretor do vídeo, Mário Júnior conta mais sobre o trabalho.

 

 

– De quem foi a ideia do vídeo?
Mário: A ideia surgiu do Rhuan RZ (grafiteiro) que foi convidado para realizar o trabalho e somos amigos e ele viu nesse trabalho a oportunidade de documentar e mostrar o que realmente o graffiti representa, uma forma de arte não muito difundida na sociedade e ali vimos uma ótima oportunidade de mostrar o verdadeiro proposito do graffiti que é uma arte urbana. Como muita gente não conhece o verdadeiro propósito do graffiti resolvemos documentar e mostrar que o graffiti é uma arte muito importante nós dias de hoje. Assim queremos desmistificar para as pessoas e mostrar que o graffiti é uma arte contemporânea e que pode ser contextualizada com outros movimentos artísticos.


 – Quem são as pessoas envolvidas no trabalho?
Mário: Os grafiteiros Rhuan RZ e o Japão Ldrão a equipe de produção foi:
Mario Junior – diretor e câmera
Mariana de Souza – Fotografa
Ramon Ribeiro – Contra regra, além de todos os integrantes da Copa Lord que desde o inicio nos ajudaram em tudo!

– Quanto tempo terá o vídeo?
Mário: O documentário completo terá cerca de 40 minutos mostrando alguns pontos de vista dos integrantes da escola assim como os grafiteiro que produziram as peças.

– Onde pretendem exibir o material?
Mário: Já estamos nós mobilizando para fazer o lançamento do documentário e também para a confecção das cópias em DVD e certamente na internet onde conseguimos uma maior visibilidade.

 

FONTE: CARNAVALESCO SC

 

Pra nós da Komodo é um prazer divulgar o trabalho de pessoas como Mário Junior “Cachorro”, produções como esta engrandecem a cena Catarinense de documentários independentes.